topo
 
sementes Soja Trigo Feijão
SEMENTES DE TRIGO
 

1. BRS GRALHA AZUL

  • Qualidade Industrial:
  • Classificação: Trigo Pão/Melhorador
    Força de Glúten (W médio):

    Dureza do grão: Grão Extra duro (índice de dureza: 92)
    PMS (média em gramas): 34
    Germinação na espiga: Boa Resistência

  • Características Agrônomicas:
  • Ciclo: Médio
    Espigamento: 65 dias
    Maturação: 124 dias
    Altura média da planta: 83 cm
    Comportamento ao acamamento: MS (Moderadamente Suscetível)
    Comportamento ao alumínio: MT (Moderadamente Tolerante)

  • Destaques:
  • Alto Potencial produtivo
    Boa sanidade geral

  • Doenças:

2. BRS SABIÁ

  • Qualidade Industrial:
  • Classificação: Trigo Pão
    Força de Glúten (W médio):

    Dureza do grão: Duro (índice de dureza: 78)
    PMS (média em gramas): 38
    Germinação na espiga: MS (Moderadamente Suscetível)

  • Características Agrônomicas:
  • Ciclo: Precoce
    Espigamento: 59 dias
    Maturação: 103 dias
    Altura média da planta: 88 cm
    Comportamento ao acamamento: MR (Moderadamente Resistente)
    Comportamento ao alumínio: MT (Moderadamente Tolerante)
    Comportamento a debulha: MR (Moderadamente Resistente)

  • Destaques:
  • Precocidade
    Alto potencial produtivo
    Estabilidade de rendimento
    Qualidade Tecnológica

  • Doenças:

3. BRS TANGARÁ

  • Qualidade Industrial:
  • Classificação: Trigo Pão
    Força de Glúten (W médio):

    Dureza do grão: Muito duro (índice de dureza: 84)
    PMS (média em gramas): 40
    Germinação na espiga: Boa Resistência

  • Características Agrônomicas:
  • Ciclo: médio
    Espigamento: 69 dias
    Maturação: 123 dias
    Altura média da planta: 85 cm
    Comportamento ao acamamento: MR (Moderadamente Resistente)
    Comportamento ao alumínio: MT (Moderadamente Tolerante)
    Comportamento a debulha: R (Resistente)

  • Destaques:
  • Bom Potencial produtivo
    Ampla adaptação
    Boa qualidade de panificação
    Boa sanidade: Destaque para ferrugem da folha

  • Doenças

4. TBIO MESTRE

  • Regiões de VCU:
  • Indicado para cultivo nas regiões tritícolas: RS1, RS2, SC1, SC2, PR1, PR2, PR3, SP2, SP3, MS3

  • Qualidade Industrial:
  • Classificação: Trigo Pão/Melhorador
    Força de Glúten (W médio): 320
    Dureza do grão: Duro
    Coloração do grão: Vermelho
    PMS (média em gramas): 35
    Germinação na espiga: MR (Moderadamente Resistente)

  • Características Agronômicas:
  • Ciclo: Médio
    Espigamento: Médio
    Maturação: Médio
    Altura média da planta: Média/Baixa
    Comportamento a geada na fase vegetativa: MR/MS (Moderadamente Resistente a Moderadamente Suscetível)
    Comportamento ao acamamento: MR (Moderadamente Resistente)
    Comportamento a debulha: MR (Moderadamente Resistente)
    Crestamento: R/MR (Resistente/Moderadamente Resistente)

  • Destaques:
  • Origem do nome Mestre: Este trigo é “mestre” quando se trata em unir qualidade industrial com alto rendimento;
    Trigo Pão/Melhorador;
    Tem apresentado rendimento equivalente a Quartzo e TBIO Iguaçu com qualidade superior a ambos;
    A qualidade e quantidade de proteína que produz facilitam o manejo para se obter elevados rendimentos com qualidade industrial desejada.

  • Sugestões de Cultivo:
  • Densidade de população de plantas:
    Para VCU 1 e VCU 2: 300 a 330 plantas finais/m²
    Para VCU 3: 330 a 350 plantas finais/m²
    Tratar sementes com inseticidas sistêmicos para controle de pulgões;
    Doença alvo: Manchas Foliares (Fazer TS visando assepsia de sementes focando manchas foliares);
    É dispensável o manejo de N em pré espigamento. Para genética de TBIO Mestre, as aplicações iniciais de N costumam ser suficientes para entregar elevado percentual de proteína e W adequado.

  • Doenças:

5. TBIO SINTONIA

  • Regiões de VCU:
  • Indicado para cultivo nas regiões tritícolas: RS1, RS2, SC1, SC2, PR1, PR2, PR3, SP2, SP3, MS3

  • Qualidade Industrial:
  • Classificação: Trigo Melhorador
    Força de Glúten (W médio): 357
    Dureza do grão: Duro
    Coloração do grão: Vermelho
    PMS (média em gramas): 33
    Germinação na espiga: R/MR (Resistente/Moderadamente Resistente)

  • Características Agronômicas:
  • Ciclo: Precoce
    Espigamento: Precoce
    Maturação: Precoce
    Altura média da planta: Média
    Comportamento a geada na fase vegetativa: MR/MS (Moderadamente Resistente a Moderadamente Suscetível)
    Comportamento ao acamamento: MR (Moderadamente Resistente)
    Comportamento a debulha: MR/MS (Moderadamente Resistente a Moderadamente Suscetível)
    Crestamento: MR (Moderadamente Resistente)

  • Destaques:
  • Filho de Marfim e Quartzo, se destaca pela excelente qualidade industrial, ampla adaptação, conjunto de características agronômicas e ótima resistência a Brusone e Germinação na espiga;
    Com qualidade industrial Melhorador, aponta elevado percentual em proteína, força de glúten e estabilidade;
    Precoce de alto rendimento, nível da cultivar Quartzo. Mostra ótimo desempenho nas regiões quentes.

  • Sugestões de Cultivo:
  • Densidade de população de plantas:
    Para VCU 1 e VCU 2: 300 a 330 plantas finais/m²
    Para VCU 3: 330 a 350 plantas finais/m²
    Tratar sementes com inseticidas sistêmicos visando controle de pulgões e fungicida para controle inicial de oídio;
    Usar mistura de Triazol e Estrobilurinas para manejo fitossanitário, com foco em controle de oídio;
    É dispensável o manejo de N em pré espigamento. Para a genética de TBIO Sintonia, as aplicações iniciais de N costumam ser suficientes para entregar elevado percentual de proteína e W adequado.

  • Doenças:

6. TBIO TIBAGI

  • Regiões de VCU:
  • Indicado para cultivo nas regiões tritícolas: RS1, RS2, SC1, SC2, PR1, PR2, PR3, SP2, SP3, MS3

  • Qualidade Industrial:
  • Classificação: Trigo Pão (Farinha Branqueadora)
    Força de Glúten (W médio): 230
    Dureza do grão: Semi Mole
    Coloração do grão: vermelho claro
    PMS (média em gramas): 36
    Germinação na espiga: MS (Moderadamente Suscetível)

  • Características Agronômicas:
  • Ciclo: Precoce
    Altura média da planta: Média
    Espigamento: Precoce
    Maturação: Precoce
    Comportamento a geada na fase vegetativa: MR/MS (Moderadamente Resistente a Moderadamente Suscetível)
    Comportamento ao acamamento: MR/MS (Moderadamente Resistente a Moderadamente Suscetível)
    Comportamento a debulha: MR (Moderadamente Resistente)
    Crestamento: MR (Moderadamente Resistente)

  • Destaques:
  • Cruzamento de Supera com Ônix: TBIO Tibagi é um trigo precoce de excelente liquidez comercial;
    Oferece Potencial de Rendimento semelhante a Supera com maior segurança pela maior resistência a debulha e brusone;
    Trigo Pão de farinha branqueadora com grande aceitação pelos moinhos, assim como Marfim e Supera.

  • Sugestões de Cultivo:
  • Densidade de População de Plantas:
    Para VCU 1 e VCU 2: 300 a 330 plantas finais/m²
    Para VCU 3: 330 a 350 plantas finais/m²
    Tratar sementes com inseticida sistêmico visando o controle de pulgões;
    Ter oídio e ferrugem da folha como doenças alvo;
    Manejo de N em pré espigamento: Boa resposta em produtividade e qualidade industrial.
    Colheita antecipada quando possível para garantir a qualidade industrial que o material oferece.

  • Doenças:

7. CD 150

  • Qualidade Industrial:
  • Classificação: Melhorador
    PMS (média em gramas): 33
    Germinação na espiga: MR/MS (Moderadamente Resistente/ Moderadamente Suscetível)

  • Características Agrônomicas:
  • Ciclo: Precoce
    Altura média da planta: Baixa
    Comportamento ao acamamento: MR (Moderadamente Resistente)
    Comportamento ao alumínio: MS (Moderadamente Suscetível)
    Comportamento a debulha: MR (Moderadamente Resistente)

  • Destaques:
  • Alto potencial produtivo em solos de alta fertilidade;
    Boa sanidade;
    Tolerância a brusone;
    Trigo melhorador de farinha de alta qualidade industrial.

  • Doenças
  • Ferrugem da folha: MR (Moderadamente Resistente)
    Manchas foliares: MS (Moderadamente Suscetível)
    Brusone: MR (Moderadamente Resistente)

8. BRS GRAUNA (lançamento)

  • Dados técnicos não divulgados.
 
rodape